23 novembro 2012

23, November: Black Friday


Inspirada pela leitura de um blog, A Rural Journal, que tenho por hábito seguir, decidi descrever como encaro a Sexta Feira de Black Friday, cá em Portugal.
 
Em primeiro, devo esclarecer que a tradição Black Friday é muito recente em Portugal e nem todos lhe damos a decida atenção, porque as necessidades superam as datas especificas.
 
Como certamente é do conhecimento geral, Portugal não atravessa um dos seus melhores momentos. Nem Portugal, nem qualquer outro país da Europa e arredores, mas isso agora são detalhes.
Mas como somos uma nação sobrevivente, lá nos vamos adaptando (bem ou mal) às condições que nos são impostas.
Para conseguirmos ter comida na despensa, para ter uma camisola ou um casaco novo para os miúdos, ou para substituirmos aquele electrodoméstico que avariou à meia dezena de meses, adaptámo-nos a um "novo mundo" de descontos e descontozinhos, promoções e cartões, que ofererecem percentagens de descontos.
Levantamo-nos de madrugada, vamos até ao lado de lá da fronteira pôr combustivel, para poupar no combustivel e no gás, pegamos novamente no carro, e lá vamos nós com a familia toda para encontrar os produtos do dia com descontos hiperfantásticos. Mas engana-se quem pensa que nós, portugueses, não gostamos deste método de fazer compras, pois quem é que não gosta de percorrer os corredores do supermercados, lojas e afins, durante horas e horas, até encontrarmos, aquele desconto dos 10% de desconto que tanta falta nos faz.
 
E, digam-me a verdade, nunca ansiaram por dias assim? Pois, eu também não.
 
Obrigado pela visita e até já!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Conhecer a sua opinião é importante para nós em Pingos do Céu.
Obrigado por deixar o seu comentário.